Banner
Banner

Curso Completo Para Se Tornar Um Sushiman de Respeito. Aprenda e Tudo Mais Que Precise Para Ser O Melhor Sushiman.

Hoje temos novidades. 15/08/2015: . Cilíndricos, cônicos, quadradinhos, pacotinhos, trouxinhas ou na tigela, o Sushi é uma das iguarias japonesas mais apreciadas no mundo. Inicialmente, era vendido em barracas, como comida de rua. A forma tradicional do sushi é peixe fermentado e arroz, conservados com sal, em um processo que continua popular até os dias de hoje. Sushi são porções pequenas de arroz avinagrado, com uma apresentação impecável. Normalmente são cobertas por sashimi ou enroladas em nori (tipo de alga) com vários tipos de recheios crus ou cozidos. A versão atual, internacionalmente conhecida apenas por sushi, foi desenvolvida por Hanaya Yoney. . Essa técnica era uma forma primitiva que não era fermentada, pois a idéia principal era de que deveria ser preparada rapidamente, e que poderia ser comida em bancas na rua, quiosques ou em teatros. O também se come com shoyu, normalmente servido em uma pequena travessa, ou molheiro. Na cultura japonesa é tradição servir o sushi acompanhado de wasabi, que é uma pasta de raiz forte. O é, geralmente, vendido em bandejas de plástico, e pode ser encontrado em restaurantes, mercados, bancas de venda. Além de ser um prato delicioso, que agrada ao paladar, o sushi agrada aos olhos também. São lindos, coloridos, delicados e repletos de técnicas, tradições e cuidados. Os principais ingredientes do tradicional, ou seja, o sushi oriental, são, peixe cru e arroz, e possuem baixas taxas de gordura, altas taxas de proteína, carboidratos, vitaminas, minerais e, quando o sushi é feito com peixe, o ômega-3. Isto não ocorre com o sushi no estilo ocidental, que adiciona muitos ingredientes não tradicionais, como maionese, abacate, creme de queijo. . Ingredientes como o peixe, tofu, frutos do mar, ovo e muitos outros recheios usados no sushi possuem alto nível proteico. Vitaminas e minerais são encontrados na maioria dos vegetais e dos frutos do mar usado no sushi. O Gari (conserva de vegetais) e o Nori (espécie de folha feita a partir de algas marinhas desidratadas), usados para fazer o sushi, são ricos em nutrientes. Outros vegetais embrulhados junto com o arroz também oferecem várias outras vitaminas e minerais, enquanto que os carboidratos são encontrados no arroz e nos vegetais. . Tradicionalmente o prato deve ser preparado com as "mãos nuas", pois, segundo os puristas, o uso de luvas ou a lavagem das mãos com detergentes bactericidas altera o sabor do sushi. Outras formas de sushi, precisamente as que usam peixes venenosos, podem causar graves envenenamentos se não forem devidamente preparadas, e muitos precisam ser preparados por cozinheiros licenciados e qualificados por um exame nacional no Japão. O sushi é tradicionalmente servido no estilo minimalista e geométrico japonês, em bandejas de plástico ou madeira. Esteticamente é um prato com muita precisão e detalhes. . . No Japão, e cada vez mais no exterior, o sushi é servido em balcões giratórios pelo qual os pratos passam e onde as pessoas podem se servir. Nesse sistema, os preços são definidos pela cor dos pratos no qual os alimentos estão, e, no final da refeição, o valor a ser pago será de acordo com o número de pratos e suas cores sobre a mesa do cliente. No Brasil é bastante comum encontrar sushi em buffets de comida oriental, bem como rodízios de sushi, onde se tem um preço fixo e o cliente tem a sua disposição uma sequência variada de sushis e pode comer a vontade. Normalmente se utiliza o hashi para comer o sushi, que são as varetas utilizadas como talheres. , Na elaboração dos diversos tipos de sushi, o ingrediente comum é o arroz de sushi. O que irá variar serão os tipos de recheios e coberturas, a escolha de outros condimentos e a maneira como são montados, que poderá resultar em efeitos totalmente diferentes com os mesmos ingredientes.

Makizushi (sushi enrolado) caracteriza-se por ser apresentado em formato cilíndrico, formado com a ajuda de uma esteira enrolável de bambu, geralmente embrulhado em nori, que abriga o arroz e o recheio.

Futomaki (rolinhos grandes) é um dos suhis mais populares, tem formato cilíndrico e grande, e possui como recheio uma variada combinação de peixes, folhas e raízes. .

Hosomaki (rolinhos finos) é um pedaço cilíndrico fino, com o nori na parte externa, o típico tem aproximadamente dois centímetros de espessura e dois centímetros de largura.

Kappamaki é um rolinho fino recheado apenas com pepino em tiras, e é um dos mais tradicionais sushis.

Tekkamaki muito comum e apreciado, tem como recheio o atum.

Temaki (rolinhos de mão) é caracterizado por ser um pedaço grande em formato de cone, com o nori na parte externa e os ingredientes até à boca da extremidade larga.

Uramaki (enrolado ao contrário) este tipo de sushi diferencia-se dos tradicionais porque o arroz está na parte externa e o nori na interna. O recheio fica no centro, rodeado por uma camada de nori, uma camada de arroz e uma cobertura de outro ingrediente (ovas de peixe ou sementes de gergelim torradas).

Oshizushi (sushi prensado) é um tipo de sushi em que o chef pressiona a tampa de um molde de madeira para baixo para criar um bloco compacto e retilíneo, que é removido do molde e cortado em pedaços que cabem na boca.

Nigirizushi (sushi feito à mão) são pequenos pedaços ligeiramente similares ao sushi prensado ou sushi enrolado, mas feito sem a utilização de makisu.

Gunkanzushi (sushi "navio de guerra") este tipo é um sushi pequeno, ovalado. É um pouco de arroz embrulhado à mão em uma tira de nori, e alguns ingredientes como ovas de peixe empilhados no topo.

Inarizushi (sushi recheado) sua apresentação é de um pequeno pacote ou bolsinha cheia de arroz de sushi e outros ingredientes. O pacote é confeccionado de tofu bem frito, uma omelete fina, ou folhas de repolho.

Chirashizushi (sushi espalhado) caracteriza-se por ser servido uma tigela de arroz de sushi com outros ingredientes misturados.

Narezushi é uma forma mais antiga de sushi.

Para a cultura nipônica, a princípio, o sushi era considerado apenas uma simples entrada, mas, aos poucos, principalmente devido ao seu valor nutricional, passou a ser apreciado como prato principal que agradam ao paladar mais fino. O sushi era degustado junto com chá verde (ban-chá), mas também é apreciado com bebidas como o sakê, vinho branco seco e cerveja. Comer sushi é uma experiência maravilhosa. Sabores exóticos ou tradicionais, podem ser preparados em casa e apreciados por todos. Existem muitos fornecedores de ingredientes básicos para a elaboração dos sushis, bem como os utensílios para a criação destes. Para os iniciantes, existem muitos cursos online sobre como fazer sushis. O sushi é uma verdadeira obra de arte, minimalista, colorido, delicado pode ser servido em festas, como entrada ou como a refeição principal. Existem bandejas prontas de sushis que podem ser adquiridas em mercados, quisques e, por tratar-se de uma refeição leve e saudável, caiu no gosto popular, sendo um dos pratos japoneses mais consumidos no mundo. Além de estar presente na gastronomia japonesa, o sushi é a estrela nas festas orientais. Cada vez mais adultos e crianças dão preferência a este tema para suas festas de aniversário ou simplesmente uma reunião com amigos. As inspirações provenientes da cultura oriental, atividades e costumes, são inúmeras. Podem ser feitas oficinas de origamis, de decoração e principalmente de sushis. Pode ser contratado um sushiman para a elaboração de sushis durante a festa. Como pode ser visto na qikipedia, wikihow e diario catarinense segue abaixo informações sobre sushi e cursos de sushiman: Sushiman é o profissional da gastronomia especializado nas técnicas de preparo de pratos de sushi, sashimi e outros pratos tradicionais da culinária japonesa (Porém a forma mais correta seria: Itamae-san (??, chef, cozinheiro), que em tradução literal do termo seria: ?à frente da tábua?, referindo-se a ?tábua de corte?

especial em

[1] ou de forma não literal chef de sushi). Geralmente é identificado com um quimono branco e uma faixa na cabeça. O sushiman tradicional, normalmente, apresenta um pequeno espetáculo com suas técnicas enquanto prepara os pratos. Tradicionalmente, dizem que os sushi preparados por mulheres são de qualidade inferior pois a temperatura corporal feminina varia por causa da alteração hormonal, e tiraria o sabor do peixe. Mas isso não passa de mito, uma vez que há também sushiwomen de qualidade no Japão

especial em

[2] . Dave Lowry, em seu livro: ?The Connoisseur? s Guide to Sushi: Everything You Need to Know About Sushi?, descreve 4 critérios para julgar um bom Itamae San: Como ele lida com os alimentos; Como ele lida com seus utensílios (basicamente suas facas); Como ele trata os seus clientes; Como ele se comporta, movimenta e trabalha. A culinária japonesa, , desenvolveu-se ao longo dos séculos como um resultado de muitas mudanças políticas e sociais no Japão, A culinária eventualmente passou por um processo de evolução com o advento da Idade Média, que marcou o início da expansão do elitismo com a era do domínio Xogum. No começo da era moderna, mudanças significantes ocorreram, resultando na introdução de elementos de culturas não-japonesas, principalmente da cultura ocidental, no Japão. O termo culinária japonesa significa a comida japonesa tradicional, semelhante àquela existente antes do final do sakoku (política de isolamento do Japão), em 1868. Em um sentido mais amplo, pode incluir alimentos cujos ingredientes ou métodos de preparo foram posteriormente introduzidos do exterior, mas que foram desenvolvidos por japoneses de forma diferente. A cozinha japonesa é conhecida por dar importância à sazonalidade dos alimentos,

especial em

[1] qualidade dos ingredientes e apresentação. O Guia Michelin concedeu mais estrelas aos restaurantes das cidades japonesas do que para qualquer outro país do mundo (Somente Tóquio tem mais estrelas do que Paris, Hong Kong, Nova Iorque, Los Angeles e Londres juntas).

especial em

[2] [3] Índice

especial em

[esconder] 1 Comida do dia-a-dia 2 Arrumação tradicional de uma mesa japonesa 3 Etiqueta na mesa 4 Pratos para ocasiões especiais 5 Ingredientes tradicionais da culinária japonesa 6 Temperos japoneses 7 Pratos japoneses famosos 7.1 Agemono (Frituras) 7.2 Yakimono (Grelhados) 7.3 Nabemono (Cozidos em caldo ou água quente) 7.4 Sashimi (Carne ou peixe cru) 7.5 Sushi (bolinhos de arroz temperado) 8 Ver também 9 Referências 10 Notas 11 Bibliografia 12 Ligações externas Comida do dia-a-dia

especial em

[editar | editar código-fonte] Select 2 types of veggies (cucumbers and carrots) and a fish (for instance artificial cooked crab). Also, buy some dried seaweed (also known as nori) and uncooked rice. Image titled Make Sushi Step 2 preview 2 Place about 2 cups of sushi rice in a rice cooker and then rinse the rice repeatedly until the rice water is not cloudy. Then fill the rice pot with new water (how much water depends on the amount of rice of the cooker and the same goes for how long to cook it; the instructions are usually in the box). Image titled Make Sushi Step 3 preview 3 Wash the veggies and place them on a cutting board and cut the carrots in half long wise and then cut them into long skinny strips. Repeat on the cucumber. Image titled Make Sushi Step 4 preview 4 Cut the crab into little strips and make sure they are pretty even in length. Image titled Make Sushi Step 5 preview 5 Check on your rice. If it's ready, take it out and put it in a dish. Image titled Make Sushi Step 6 preview 6 Take a bowl and pour in about two tablespoons of rice wine vinegar. You can add more or less depends on your taste buds and how separated you want your grains or rice. It is better to put in less right now and add more later. Add in sugar and salt and stir until it dissolves (repeat until it tastes good). Image titled Make Sushi Step 7 preview 7 Pour the mixture onto the rice and mix thoroughly by "slicing" the rice. Add rice wine vinegar if needed to make the grains of rice separate easily. Image titled Make Sushi Step 8 preview 8 Place the seaweed layer on a bamboo mat and then spread rice onto the seaweed. It should be spread out so there are no empty holes and it should fill the middle third. Dampen the end edge with rice vinegar so it sticks when you roll it. Place the strips of the veggies and the crab onto rice. Image titled Make Sushi Step 9 preview 9 Roll the bamboo into a long roll by first folding the bottom third in then roll it up. It should look like a tube of some sort. Now remove the sushi roll from the bamboo and cut out as follows. Image titled Make Sushi Step 10 preview 10 Cut down the middle of the roll, take each half and place them parallel to each other. Repeat by cutting both halves down the middle simultaneously, take those portions and repeat one last time. This cutting technique insures that the ingredients do not spill out of the roll. Image titled Make Sushi Step 11 preview 11 Serve and enjoy! Community Q&A Answered Questions Can I use another type of rice to make sushi? No. Sushi rice is a special type of rice that becomes sticky once you cook it. Another type of rice will not be sticky enough, and your sushi will fall apart. Helpful? 9 1 Ask a Question What do you need to know? We'll do our best to find the answer. Submit Video This is a step-by-step video that shows you how to make sushi. Tips Make sure the rice is moist and sticky. If you plan on making sushi, be sure to keep all of the ingredients nice and cold. Try different ingredients, like raw salmon, which is mild for amateurs. Dip the sushi in soy sauce lightly. Dunking the sushi in the soy sauce takes away the purpose of sushi and covers the flavor with the taste of salt. Add pickled ginger or wasabi for added taste. Use thin slices of ginger to reset your taste buds between different varieties of sushi. If you use wasabi, put a very tiny bit in your soy sauce and mix gently. Look for instructions on the ingredients (rice, vinegar). Warnings Be careful with the knife and hot objects! Clean and cook sushi before using. Things You'll Need Um prato de uma refeição Kaiseki completa, mostrando o cuidado na arrumação dos alimentos A culinária tradicional japonesa é dominada pelo arroz branco (hakumai, ??), e poucas refeições seriam completas sem ele. Qualquer outro prato servido durante uma refeição - peixe, carne, legumes, conservas - é considerado como um acompanhamento, conhecido como okazu. É utilizado um tipo de talher diferente, denominado hashi. Originário da China, consiste em dois pequenos bastões de madeira, plástico ou metal. As refeições tradicionais recebem seu nome de acordo com o número de acompanhamentos que vêm junto do arroz e da sopa. A refeição japonesa mais simples, por exemplo, consiste de ichij?-issai (????; "uma sopa, um acompanhamento" ou "refeição de um prato"). Isto quer dizer que a refeição é composta de sopa, arroz e de algum acompanhamento ? normalmente um legume em conserva. O pequeno-almoço ou café da manhã japonês tradicional, por exemplo, normalmente é constituído de missoshiru (sopa de pasta de soja), arroz e algum legume em conserva. A refeição mais comum, entretanto, é conhecida por ichij?-sansai (????; "uma sopa, três acompanhamentos"), ou por sopa, arroz e três acompanhamentos, cada um empregando uma técnica de culinária diferente. Estes acompanhamentos normalmente são peixe cru (sashimi), um prato frito e um prato fermentado ou cozido no vapor ? ainda que pratos fritos, empanados ou agri-doces podem substituir os pratos cozidos. O Ichij?-sansai normalmente se encerra com conservas como o umeboshi e chá verde. Esta visão japonesa de uma refeição é refletida na organização dos livros de culinária japoneses. Os capítulos são sempre ordenados de acordo com os métodos culinários: alimentos fritos, alimentos cozidos e alimentos grelhados, por exemplo, e não de acordo com os ingredientes em particular (ex.: galinha ou carne) como são nos livros ocidentais. Também podem existir capítulos dedicados a sopas, sushi, arroz etc. Como o Japão é uma nação insular, seu povo consome muitos frutos do mar, além de peixe e outros produtos marinhos (como algas). Carne e galinha são comumente inseridos na culinária do cotidiano. O macarrão, originado na China, também é uma parte essencial da culinária japonesa. Existem dois tipos tradicionais de macarrão, o sobá e udon. Feito de farinha de trigo sarraceno, o sobá (??) é um macarrão fino e escuro. O udon (???), por sua vez, é feito de trigo branco, sendo mais grosso. Ambos são normalmente servidos com um caldo de peixe aromatizado com soja, junto de vários vegetais. Uma importação mais recente da China, datando do início do século XIX, vem o ramen (????; macarrão chinês), que se tornou extremamente popular. O Ramen é servido com uma variedade de tipos de sopa, indo desde os molhos de peixe até manteiga ou porco. Em algumas regiões, gafanhotos (inago) e larvas de abelha (hachinoko) não são pratos incomuns. Lagartos também são comidos em alguns lugares. Arrumação tradicional de uma mesa japonesa

especial em

[editar | editar código-fonte] A arrumação tradicional da mesa japonesa tem variado consideravelmente nos últimos séculos, dependendo principalmente do tipo comum de mesa de uma dada era. Antes do século XIX, pequenas mesas individuais (hakozen, ??) ou bandejas planas utilizadas no chão eram arrumadas antes de cada refeição. Mesas baixas maiores (chabudai, ????), que acomodavam famílias inteiras, começaram a se tornar mais populares no começo do século XX, mas este estilo deu lugar ao estilo ocidental de mesas e cadeiras de jantar, no final do século XX. A arrumação tradicional da mesa é baseada no ichij?-sansai. Tipicamente, cinco bacias e pratos são colocados antes do jantar. Na ponta, são colocadas a bacia de arroz (à esquerda) e a de sopa (à direita). Atrás destas ficam três pratos planos que seguram os três acompanhamentos, um à extrema esquerda (onde pode se servir um prato fermentado), um a extrema direita (no qual pode se servir um prato assado) e um no centro (no qual pode se servir vegetais cozidos). Vegetais cortados também costumam ser servidos e comidos no final da refeição, mas não fazem parte dos três pratos de acompanhamento. Hashis são normalmente colocados na frente da bandeja próxima da pessoa, com suas pontas apontadas para a esquerda e normalmente apoiadas em um suporte de hashi, ou hashioki (???).

especial em

[4] Etiqueta na mesa

especial em

[editar | editar código-fonte] É um costume dizer itadakimasu (???????), literalmente "Eu humildemente recebo", antes de começar a comer a refeição, e gochis?sama deshita (??????????), literalmente "Foi um banquete", ao anfitrião depois da refeição e aos funcionários do restaurante na hora de ir embora.

especial em

[5] Toalha quente Antes de comer, a maioria dos restaurantes oferecem uma toalha quente um lenço molhado em pacote (um oshibori). Ele é usado para limpar as mãos antes de comer (e não depois). Em certas situações, é considerado rude usá-lo para limpar o rosto ou outra parte do corpo que não as mãos.

especial em

[6] Tigelas O arroz ou a sopa é comido pegando-se o chawan (tigela japonesa) com a mão esquerda e usando os hashis com a direita, ou vice versa se a pessoa for canhota. Tradicionalmente, os hashis são segurados com a mão direita e o chawan com a esquerda

[7] - aliás, as crianças japonesas aprendem a distinguir esquerda de direita como "a mão direita segura os hahis e a mão esquerda segura o chawan" - mas comer com a mão esquerda também é aceitável atualmente. As tigelas podem ser levadas até a boca, mas não devem tocá-la, exceto no momento de beber a sopa. Molho de soja (shoyu) Normalmente, o shoyu não é colocado na maior parte dos pratos na mesa; um pratinho para shoyu é fornecido. O molho de soja, entretanto, deve ser colocado diretamente no tofu e em pratos com nabo (daikon) ralado, além de ser derramado no ovo cru quando se estiver preparando o tamago kake gohan ("ovo no arroz"). O molho de soja nunca deve ser colocado em cima do arroz ou na sopa. É considerado rude desperdiçar shoyu, então deve-se moderar no uso quando se estiver molhando os pratos.

[8] Os pauzinhos nunca devem ser fincados verticalmente no arroz, pois isso lembra palitos de incenso (que normalmente são colocados na posição vertical na areia) durante oferendas aos mortos. Usar os pauzinhos para lançar comida ou apontar não é recomendável. É considerado falta de educação morder os hashis.

especial em

[9] pauzinhos (hashi) Prato em comum Quando for necessário pegar comida de um prato em comum, a menos que eles sejam a família ou amigos muito íntimos, deve-se inverter os hashis para agarrar o alimento; é considerado mais higiênico. Alternativamente, pode-se usar um par de pauzinhos exclusivos para o prato em comum.

especial em

10] Dividir Quando se desejar dividir a comida com outra pessoa, é recomendável movê-lo diretamente de um prato para o outro. Nunca se deve passar a comida de um par de hashis para outro, pois isto lembra o ato de passar os ossos do falecido durante um funeral japonês.

especial em

Comer o que é recebido É costume comer arroz até o último grão. Pegar grão por grão é desaconselhado, e não é usual fazer pedidos especiais ou substituições nos restaurantes. É considerado ingratidão fazer esses pedidos, especialmente em circunstâncias em que a pessoa é uma convidada, como em um jantar de negócios. As boas maneiras requerem o respeito ao cardápio do anfitrião. Bebida Mesmo em situações informais, beber álcool sempre começa com um brinde (kanpai, ??), quando todos estão prontos. Não é costume servir a bebida a si próprio; ao contrário, espera-se que as pessoas mantenham os copos dos outros sempre cheios. Quando alguém se move para encher o seu copo, a pessoa deve segurá-lo com as duas mãos e agradecer. especial em NotíciasVoltarRSSImprimir | Enviar | Corrigir | Comentar | Letra A- | A+ | 16/08/2013 16h51min Sucesso de mulheres na profissão de sushiwoman quebra o tabu que as proibia de exercer a atividadeEntenda por que elas eram impedidas de preparar sushi e sashimi Karine Wenzel | karine.wenzel@diario.com. Ao chegar em um restaurante de culinária japonesa, o cliente dificilmente verá talheres à mesa, tampouco encontrará uma mulher responsável pelo preparo de sushi. A explicação mais recorrente é que no Japão as mulheres eram proibidas de exercer a atividade por terem as mãos mais quentes - o que poderia interferir no sabor e preparo do peixe cru. O chef de cozinha Arnaldo Toro, que trabalha com culinária japonesa há 11 anos, tem outra explicação. Ele afirma que o motivo está no machismo da sociedade japonesa da Antiguidade que proibia as mulheres de trabalharem fora de casa. Toro explica que a participação feminina nas profissões ligadas à gastronomia ainda é pequena por ser um trabalho com carga horária exaustiva e que exige muita força física. A chef Priscila de Fátima Celestino, mais conhecida como chef Piti, trabalha há 15 anos como sushiwoman (feminino de sushiman) e garante que foi a primeira a exercer a atividade no Estado. Para ela, não há qualquer fundamentação teórica que impeça a atividade. Clientes espantam-se ao ver quem está no comando ? Uma vez preparei sushi para o cônsul do Japão e mais 120 japoneses em Florianópolis e perguntei a ele sobre isso e ele me respondeu que na verdade é algo cultural do país ? conta Piti, que já encontrou resistência por parte dos restaurantes, que não queriam contratá-la, e de muitos clientes que perguntavam o que ela estava fazendo ali. Atualmente muitas pessoas ainda se espantam ao vê-la no comando da cozinha do Ronin Temaki e Sushi, na Capital, mas a empresa a utiliza como forma de atrair mais clientes. Inclusive o nome da chef aparece no site da empresa. A sushiwoman afirma que ainda são poucas mulheres que atuam neste mercado, mas que a tendência é que esse número aumente. Participação feminina vem crescendo No último curso de sushi e sashimi promovido pela Universidade do Vale do Itajaí, as mulheres representaram 45% do público. A chef internacional Gabriela da Cunha Mendes, que ministra esses cursos, observa que há seis anos, em qualquer curso de gastronomia era comum os homens representarem a maioria da turma. Hoje há um equilíbrio. Apesar dos cursos, o consultor Arnaldo Toro diz que há falta de profissionais qualificados neste mercado, não apenas em Santa Catarina, mas em todo o Brasil. - No Japão, o itamae (sushiman) leva cerca de 10 anos se preparando para entregar o produto final ao cliente. Aqui no Brasil é comum o profissional aprender um pouco da técnica com um amigo. A chef Piti confirma essa realidade. Segundo ela, muitos auxiliares, depois de pouco tempo de experiência, acreditam que podem abrir seu próprio negócio ou que estão preparados para assumir a cozinha. Além disso, a chef afirma que houve um boom de restaurantes de culinária japonesa em Florianópolis e cresceu a demanda por esses profissionais. Ela diz que quem quer seguir seus passos deve gostar do que faz, procurar cursos e atuar como auxiliar de cozinha para obter experiência. O esforço muitas vezes vale a pena. Um auxiliar de sushiman pode ganhar entre R$ 850 e R$ 1,5 mil. O sushiman ou a sushiwoman recebe de R$ 1,2 mil a até R$ 5 mil, dependendo da qualificação. ::Fique por dentro O que é o Sushi Prato da culinária japonesa mais popular em todo o mundo, o sushi ganhou maior destaque no Japão por volta do ano 676, quando o consumo de carne e leite foi proibido pelos preceitos budistas. O bolinho de arroz temperado com vinagre, sal e açúcar, combinado com peixes ou verduras, tem como ancestral uma receita chinesa que era na verdade um método de conservação de peixes através da fermentação. Existem várias maneiras de se preparar e servir o sushi. Algumas receitas são tradicionais e conservam sua autenticidade, mas outras foram adaptadas para satisfazer o paladar dos ocidentais, utilizando ingredientes como maionese, cream cheese, frutas e frituras. ::Como é o profissional Os chefs de sushi são conhecidos como itamae, no Japão, e lá demoram de 10 a 15 anos para aprender a arte de preparar o sushi, dominar o cozimento do arroz, as técnicas de corte, além de aprender tudo sobre peixes. O sushiman (como é conhecido no Brasil) deve ser cuidadoso com o preparo e treinado, pois lida com alimentos com alto risco de contaminação. Ele precisa ter muita prática, pois os sushis devem ser preparados rapidamente para que os ingredientes não tenham seu sabor alterado. Fonte: Arnaldo Toro, chef de cozinha e especialista em culinária japonesa O que encontrará neste site:
  • Curso Sushiman

  • Sushi

  • Comida Japonesa

  • Como Fazer Sushi

  • Sushiman

  • Curso De Sushiman

  • Curso De Culinária

  • Curso Gastronomia

  • Como Fazer Sashimi

  • Receita Sushi

  • Sushi E Sashimi

  • Faca Para Sushi

  • Como Fazer Comida Japonesa

  • Pratos Japoneses

  • Sushi Como Fazer

  • Como Fazer Sushi Passo A Passo

  • Culinária Japonesa

  • Sushi Sashimi

  • Curso De Sushi

  • Culinaria Japonêsa

  • Fazer Sushi

  • Curso De Comida Japonesa

  • Como Fazer Sushi Hot

  • Curso De Culinaria Japonesa

  • Comida Japonesa Campinas

  • Curso Sushi

  • Como Se Faz Sushi

  • Curso De Sushiman Sp

  • Receita Comida Japonesa

  • Sushi Online

  • Como Faz Sushi

  • Como Fazer Suchi

  • Curso Comida Japonesa

  • Comida Japonesa Jundiai

  • Comida Japonesa Piracicaba

  • Comida Japonesa Uberlandia

  • Receita De Sushi Tradicional

  • Aracaju Sushi Delivery

  • Sushiman Salario

  • Sushimen

  • Curso Culinaria Japonesa

  • Produtos Para Sushi

  • Curso De Culinária Japonesa

  • Curso Sushiman Sp

  • Clube Do Sushi

  • O Sushiman

  • Fazer Comida Japonesa

  • Sushi Passo A Passo

  • Nigiri Sushi Bar

  • Sushi Men

  • Quanto Ganha Um Sushiman

  • Sushimam

  • Cursos De Sushiman

  • Receita Sushi Tradicional

  • Tudo Sobre Sushi

  • Sushiman Yakisoba

  • Receitas De Sushi E Sashimi

  • Faca Para Sushi E Sashimi

  • Sushimans

  • Comida Japonesa Americana

  • Sushiman Curso

  • Material Para Sushi

  • curso sushi

  • sushi

  • comida japonesa

  • como fazer sushi

  • comida japonêsa nomes

  • sushi delivery

  • sushiman

  • comida japonesa delivery

  • sushi bar

  • culinaria japonesa

  • curso culinaria

  • como fazer comida japonesa

  • curso de sushiman

  • como fazer sashimi

  • pratos japoneses

  • receita sushi

  • faca para sushi

  • temaki sushi

  • sushi florianopolis

  • sushi e sashimi

  • sushi tipos

  • culinaria japonêsa

  • como fazer sushi passo a passo

  • comida japonesa curitiba

  • sushi como fazer

  • rodizio comida japonesa

  • fazer sushi

  • sushi em casa

  • arroz sushi

  • kit comida japonesa

  • comida japonêsa cardapio

  • curso de sushi

  • sushi sashimi

  • receitas japonesas

  • comida japonesa bh

  • curso sushiman

  • curso de culinaria japonesa

  • curso de comida japonesa

  • como fazer sushi hot

  • faca sushi

  • sushi curitiba

  • sushi brasil

  • comida japonesa campinas

  • como preparar sushi

  • ingredientes para sushi

  • receita comida japonesa

  • cardapio comida japonesa

  • restaurante comida japonesa

  • como fazer sushi em casa

  • receita japonesa

  • comida sushi

  • restaurante sushi

  • comida japonesa guarulhos

  • como se faz sushi

  • comida japonesa entrega

  • curso de sushiman rj

  • comida japonesa uberlandia

  • curso de sushiman sp

  • sushi sao paulo

  • faca de sushi

  • comida japonesa tatuape

  • comida japonesa piracicaba

  • comida japonesa sjc

  • curso comida japonesa

  • como fazer sushi e sashimi

  • como fazer suchi

  • comida japonesa cuiaba

  • comida japonesa jundiai

  • comida japonesa salvador

  • comida japonesa online

  • calorias comida japonesa

  • sushi em florianopolis

  • melhor sushi de sp

  • comida japonesa df

  • sushi online

  • curso culinaria japonesa

  • comida japonêsa yakisoba

  • comida japonesa temaki

  • sashimi como fazer

  • receita sashimi

  • comida japonesa araraquara

  • comida japonesa sushi

  • curso de sushiman em bh

  • curso sushiman sp

  • comida japonesa osasco

  • benkei sushi

  • fotos de sushi e sashimi

  • clube do sushi

  • receitas de sushi e sashimi

  • receitas comida japonesa

  • barracuda sushi bar

  • tipos sushi

  • fazer comida japonesa

  • comida japonesa santos

  • comida japonesa rodizio

  • sushimans

  • curso de sushiman curitiba

  • curso sushiman curitiba

  • skin comida japonesa

  • curso sushiman rj

  • faca para sushi e sashimi

  • curso sushi porto alegre

  • buffet comida japonesa

  • o sushiman

  • curso de sushi porto alegre

  • comida japonesa rj

  • prato sushi

  • aprender a fazer sushi

  • comida japonesa copacabana

  • sushi liberdade

  • curso de sushi em recife

  • comida japonesa sbc

  • temaki sushi bar

  • comida japonesa barata

  • temaki comida japonesa

  • sushi sp

  • comida japonesa sp

  • comida japonesa americana

  • sushi passo a passo

  • comida japonesa taubate

  • sushi men

  • sushiman curso

  • material para sushi

  • material para fazer sushi

  • curso sushiman bh

  • sushi comida japonesa

  • fazer sashimi

  • pratos comida japonesa

  • comida japonesa moema

  • comida japonesa mooca

  • preparar sushi

  • tudo sobre sushi

  • comida japonesa liberdade

  • curso de sushi online

  • comida japonesa suzano

  • curso de temaki

  • comida japonesa quente

  • aula de sushi

  • como fazer um sushi

  • comida japonesa ipiranga

  • comida japonesa florianopolis

  • sushi sashimi temaki

  • comida japonesa ribeirao

  • comida japonesa sashimi

  • faca sushiman

  • como fazer shushi

  • comida japonesa araçatuba

  • sushi bar brasil

  • sushiman em casa

  • curso de sushi florianopolis


HOME |